Seja bem-vindo ao CNO – Antuã

O Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências pode ser uma resposta para si, com mais de 18 anos, caso não possua o nível básico ou secundário de educação e tenha adquirido conhecimentos e competências através da sua experiência de vida.

O referencial de competências-chave para o nível básico, certificação do 4º, 6º e 9º ano, abrange as seguintes áreas de competências-chave: Linguagem e Comunicação, Matemática para a Vida, Tecnologias de Informação e Comunicação, Cidadania e Empregabilidade.

O referencial de competências-chave para o nível secundário, certificação de 12º ano, abrange as seguintes áreas de competências-chave: Cidadania e Profissionalidade; Sociedade, Tecnologia e Ciência; Cultura, Língua e Comunicação.

Para qualquer esclarecimento não hesite em contactar-nos. Teremos muito gosto em ajudá-lo a encontrar a oportunidade de qualificação e de certificação mais adequada ao seu perfil e necessidades. 

Descubra-se a si próprio e valorize as suas competências!

 

 

   NOVAS INSTALAÇÕES

 

     O CNO Antuã está a funcionar, desde início de Março, num novo espaço. Visite-nos!

Encontramo-nos nas instalações da Escola Secundária de Estarreja, Bloco E, Piso 1.

        

Anúncios

“Empreendedorismo e criação de emprego” – Seminário

Está agendado para a tarde do dia 20 de julho, na Escola Secundária de Estarreja o Seminário “Empreendedorismo e Criação de Emprego“, promovido pela Academia Descartes em parceria com o CNO do Antuã.

Identificar boas práticas, promover, incentivar e despertar a comunidade local para a temática do Empreendedorismo são, as principais motivações para a realização do seminário. 

 Para informações e inscrições:

http://www.academia.com.pt/detalhes.php?area=12&curso=23
Posted by Rosário Santos

Literacia financeira – “Todos Contam” novo portal

Foi lançado, esta semana, pelo Conselho Nacional de Supervisores um novo portal sobre  literacia financeira. Esta nova plataforma pretende ser uma “sede aberta de conhecimento” a todos os cidadãos. Uma única plataforma que reúne um vasto leque de informação sobre produtos de poupança e investimento – características, riscos e produtos adequados a cada etapa da vida – planeamento do orçamento familiar, cuidados a ter na contratação de crédito, mas também dicas sobre a prevenção da fraude, um guia para criar uma empresa, vários simuladores e até jogos e vídeos direccionados para os mais jovens.

( Aceda ao site clicando na imagem)

 

Com este novo site de LITERACIA FINANCEIRA,  pode aprender a fazer:
Planear o Orçamento Familiar
É um aviso constante das autoridades mas há muitas famílias que ainda não planeiam o seu orçamento. No ‘Todos Contam’, o separador ‘Planear o OrçamentoFamiliar’ esclarece quais os pontos que deve ter em atenção quando se prepara para olhar para as receitas e despesas mensais. Para além do mais, o site disponibiliza-lhe ainda um ‘Simulador de Orçamento Familiar’, onde só precisa de introduzir os seus gastos e receitas. Os cálculos são feitos automaticamente, diminuindo a margem de erro e dando-lhe uma ajuda preciosa.
Poupar e Investir
No separador ‘Poupar e Investir’ tem acesso aos conselhos básicos sobre produtos de poupança e de investimento, bem como a dicas sobre como escolher a melhor opção para os seus objectivos de vida. Pode ainda utilizar o simulador de poupança, que encontra dentro desse separador e que lhe permite fazer várias simulações consoante a sua preferência: calcular o montante de uma poupança no final de um determinado período, após reforços mensais ou anuais ou calcular o montante que deve ser poupado para que ao fim de um determinado período de tempo seja atingido o objectivo de poupança definido.
Criar uma empresa
Em altura de dificuldades, nada como aproveitar as oportunidades. São muitos os portugueses que têm aberto novas empresas mas é preciso ter em consideração todos os custos e implicações que um negócio por conta própria exige. Por isso mesmo, no separador ‘Criar uma empresa’, é possível ter acesso a uma quantidade de informação sobre quais os passos a dar quando quer ter uma empresa, onde poderá angariar financiamento e que tipo de companhia pode e deve criar, consoante o seu perfil. Encontra ainda diversas ligações úteis para produtos financeiros e informações essenciais.
Contrair crédito
Neste separador vai encontrar vários avisos sobre a contratação de crédito e todos os cuidados e atenções que deve ter antes o fazer. No entanto, vai também ficar a saber quais os créditos mais vantajosos para a despesa para o qual necessita de recorrer a este tipo de produtos. É possível também conhecer as características de cada produto (crédito pessoal, crédito automóvel, crédito à habitação) através de várias ligações disponíveis no mesmo separador. Pode ainda verificar, imediatamente, e através do simulador do orçamento familiar, que impacto cada produto vai ter nas suas contas.
Planear etapas da Vida
Cada etapa da vida corresponde a um leque de despesas que nem sempre consideramos, quando passamos de uma para outra. Estudar, começar a trabalhar, comprar casa, constituir família, pensar numa poupança ou atravessar um processo de divórcio trazem encargos diferentes que não podem ser descurados e para os quais deve haver um planeamento. No ‘Todos Contam’ há uma secção dedicada a cada uma das etapas, onde se salienta quais as principais despesas, fontes de receita e quais os aspectos que deve ter em conta em cada uma delas.
Despertar para a importância do dinheiro – Biblioteca Júnior
Um dos grandes objectivos do Programa Nacional de Literacia Financeira é despertar nos mais novos a consciência para a importância do dinheiro, da poupança e da gestão responsável de um orçamento. Na ‘Biblioteca Júnior’ do site pode aceder a um conjunto de jogos didácticos, de vídeos, brochuras e de livros especialmente direccionados para os mais pequenos. Ideal para colocar seus filhos a contribuir para o planeamento do orçamento familiar ao mesmo tempo que lhes ensina quanto vale o dinheiro.
Utilizar simulador da Poupança
O Simulador da Poupança é útil a qualquer família que pretenda guardar parte do seu orçamento para o futuro. Com a ajuda desde simulador pode calcular o montante de uma poupança no final de um determinado período, após reforços mensais ou anuais. Ao invés disso, pode também calcular o montante que deve ser poupado, mensal ou anualmente, para que ao fim de um determinado período de tempo seja atingido o objectivo de poupança definido. Ou pode ainda saber quanto tempo é necessário para que a poupança acumulada atinja um determinado montante objectivo.
Utilizar simuladores de Crédito
Para o crédito, o ‘Todos Contam’ apresenta três simuladores diferentes: crédito à habitação, crédito ao consumidor ou cartões de crédito. Todos funcionam com base na mesma metodologia: o consumidor introduz o montante de crédito que pretende pedir bem como as taxas que estão a ser praticadas pela instituição onde pretende contrair o crédito, sendo que o cálculo do custo do produto é automático. É uma boa forma de saber quanto vai pagar por cada crédito contraído e de escolher entre diversos produtos.
Fonte: Económico.sapo.pt
Posted by, Rosário Santos

Prevenção do Abandono Escolar

O CESSIT foi um projeto financiado pela Comissão Europeia (Programa Grundtvig), com atividades planeadas em 6 países europeus: Áustria, República Checa, Irlanda, Letónia, Polónia e Portugal.

 Este manual, aqui apresentado, ambiciona apoiar os formadores a melhorar a sua abordagem pedagógica e a aumentar a atratividade e eficácia da educação de adultos.

Todas as boas práticas apresentadas neste manual são descritas em detalhe, potenciando a sua aplicação directa em sessões de formação. Não hesite em experimentá-las!

(Clique na imagem e aceda ao manual)

Apresentação do projeto no youtube

 
Posted by Rosário Santos 

Guia para motivar e encorajar os jovens adultos a aprender

De acordo com a UNESCO uma pessoa é caracterizada como iletrado funcional quando não pode se envolver em todas as atividades em que é exigida literacia para a efetiva função de seu grupo e comunidade e também para que consiga continuar a usar a leitura, escrita e cálculo para o desenvolvimento de si mesmo e da comunidade.

Hoje, mais do que nunca, os jovens sentem dificuldades na entrada no mercado de trabalho. Por causa da procura de empregados qualificados, estes jovens não estão disponíveis para o mercado de trabalho. E sem acesso ao mercado de trabalho, não podem participar de forma ativa no âmbito político e social. A falta de qualificações profissionais tem um impacto substancial sobre o desenvolvimento individual, social e económico das pessoas envolvidas, bem como sobre o desenvolvimento dos países em geral. É, por isso, extremamente importante que os adultos jovens sejam apoiados para desenvolver as suas competências de literacia e numeracia.

Neste enquadramento, surge o “Guia para motivar e encorajar os jovens adultos a aprender”  que tem por objetivo apoiar profissionais, especialistas e profissionais de toda a Europa para motivar os jovens para a aprendizagem e melhoria da sua literacia. Temas dos capítulos deste Guia:
– Definição de conceitos-chave (capítulo 1);
– Metodologia de pesquisa e as principais conclusões da pesquisa (capítulo 2);
– Exemplos de boas práticas de cada um dos países parceiros (capítulo 3);
– Conclusões e recomendações (capítulo 4).

Consulte, aqui ,o GUIA:

MoLeYa – Motiver et encourager les jeunes adultes à se former Guide de motivation
(pdf em francês)
 
MoLeYa – Motivating and Encouraging Young Adults to Learn Motivation Guide
(pdf em inglês)

Fonte: O Direito de Aprender

Posted, by Rosário Santos

Educação de Adultos – Boletim E-CNE nº 14

Acaba de ser publicado mais um número do boletim eletrónico do Conselho Nacional de Educação,  E-CNE nº14 ,  que é completamente dedicado à Educação de Adultos. No seu editorial, Ana Maria Bettencourt, Presidente do CNE,  considera que esta área é decisiva para o desenvolvimento do país, para o aumento dos níveis de empregabilidade e realização das pessoas. Completam este boletim artigos de Carmen Cavaco, Ana Canelas, Ana Cláudia Valente, Arsélio Pato de Carvalho e Telma de Mattos Ruas.

(clique na imagem e aceda ao documento)

Posted by, Rosário Santos

CNO do Antuã – Aprovada a continuação da sua atividade

 

 

Informamos que o CNO do Antuã – Escola Secundária de Estarreja continua a desenvolver a sua atividade como até aqui.

Aproximadamente 50% dos CNO tiveram que encerrar devido a ordens superiores mas o CNO do Antuã viu APROVADA a continuação da sua atividade.

Acreditamos que o profissionalismo, o rigor e qualidade do trabalho da equipa estiveram na base da decisão.

Receberemos, com muito gosto, os candidatos que estavam inscritos noutros CNO que encerraram, a fim de que não haja prejuízo para nenhum adulto que pretenda continuar o seu processo.

Estamos ao dispor para qualquer esclarecimento adicional.

A Coordenadora

Vera Albuquerque

Portugal classificado na escala mais elevada (“High”)

 

Segundo o  relatório “Further measures to implement the action plan on adult learning: Updating the existing inventory on validation of non-formal and informal learning: Final report” Portugal é um dos cinco países classificados na escala mais elevada (“High”) no que respeita ao nível de desenvolvimento em matéria de validação de aprendizagens não formais e informais.

Esta posição deve-se ao desenvolvimento do Sistema Nacional de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências, no âmbito das políticas de redução do défice de qualificação da população adulta, levadas a cabo pela Iniciativa Novas Oportunidades, lançada em 2005.

O relatório refere o facto de o Sistema Nacional de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências ter sido criado, em Portugal, em 2001, representando agora uma parte importante das medidas implementadas, tendo em atenção o cumprimento dos objetivos estabelecidos pela Iniciativa Novas Oportunidades, designadamente o aumento do nível de qualificação da população portuguesa até ao 12.º ano de escolaridade.

Esta publicação avaliou o “estado da arte” da implementação de medidas e políticas de validação de aprendizagens informais e não formais em 34 países, sendo acompanhado por relatórios individuais, da responsabilidade do Centro Europeu para o Desenvolvimento da Formação Profissional (CEDEFOP) de cada um desses países.

Na classificação mais elevada da escala, foram incluídos países com práticas estabilizadas nos domínios da validação de conhecimentos obtidos em contextos informais e não formais, na maioria dos sectores de aprendizagem, e com um quadro nacional legislativo significativo nesta matéria.

A par de Portugal, ocupam esta posição a Finlândia, a França, a Holanda e a Noruega.

Abaixo de Portugal, na categoria seguinte (“medium-high”) foram posicionados países como a Dinamarca, a Alemanha, a Roménia, Espanha, Suécia e o Reino Unido.
A tabela previu ainda as classificações “medium-low” e “low”.

Para leitura integral dos relatórios de cada país deve aceder:
http://www.cedefop.europa.eu/EN/bibliographies/18212.aspx

Fonte: Site ANQ

Posted by Rosário Santos