Sociedade, Tecnologia e Ciência – STC

Pretende-se que o adulto, demonstre nesta área uma capacidade de agir nos seus diferentes contextos de vida, de modo informado e crítico, incorporando na sua prática conhecimentos validados sobre sociedade, tecnologia e ciência. Assegura-se assim o reconhecimento a adultos que, não tendo completado o ensino secundário formal, evidenciam na sua acção diária competências científicas e tecnológicas significativas, sendo capazes de identificá-las e explicitá-las fora desses contextos imediatos. (…)”

 Fonte: Referencial Competências-Chave –  Secundário

 No âmbito da unidade de formação STC, os instrumentos que se seguem destinam-se a facilitar o trabalho de reconhecimento de competências de vida nas diferentes Áreas de Competência-Chave, guiando o adulto na procura dos saberes e competências que lhe são já intrínsecos. Estes documentos de trabalho apoiam a explicitação das competências evidenciadas à luz das que integram o Referencial de Competências-Chave.

Posted by Rosário Santos
Anúncios

Picar o Ponto – Informações sobre o mercado de trabalho

Picar o Ponto é um site dedicado a disponibilizar informações relativas ao mercado de trabalho. Num período pós-férias, tenha acesso a inúmeras informações sobre como se comportar no dia-a-dia  no local de trabalho ou a melhor maneira de lidar com o desemprego.

 Deixo aqui a indicação de alguns temas abordados neste portal:

Posted by Rosário Santos

2º Encontro de Acompanhamento e Monitorização dos CNO´s

Realizou-se ontem, 9 de Setembro, na Escola Secundária Marques de Castilho de Águeda  o 2º  Encontro de Acompanhamento e Monitorização dos CNO´s  pertencentes à NUT III – Baixo Vouga. Estiveram presentes todos os Centros de Novas Oportunidades representados pelos respectivos Coordenadores, Técnicos de Diagnóstico e Encaminhamento, Profissionais de RVCC e Formadores.

 Após a abertura oficial do encontro pelo Director da Escola Secundária foram apresentados em plenário os indicadores da NUT III – Baixo Vouga pelo Eng. Carlos Silva. Seguiram-se workshops de discussão formados de acordo com as funções dos vários elementos das equipas presentes que debateram assuntos ligados às suas áreas de trabalho tais como, organização interna, estratégias para cumprimento das metas, constrangimentos dos referenciais de competência-chave, parcerias estabelecidas, metodologias de balanço de competências,  estratégias de implementação da metodologia de diagnóstico e encaminhamento e  metodologias utilizadas para a efectivação da articulação desejada entre  Profissionais de RVC, Formadores e Técnicos de Diagnóstico e Encaminhamento.

Como conclusão final e em plenário foram apresentadas de forma sintética e objectiva, recomendações, sugestões e posições  concertadas por cada um dos grupos de trabalho para serem dadas a conhecer à ANQ.

Saliento o contributo dado pelo nosso Centro, Centro Antuã, como sendo um exemplo de boas práticas na qualificação da população adulta do Concelho de Estarreja.

Posted by Rosário Santos