“O aumento das competências educativas das famílias: um efeito dos Centros Novas Oportunidades” – Livro a consultar

Numa iniciativa da ANQ (Agência Nacional para a Qualificação), foi editada e disponibilizada por esta entidade, em versão e-book, o livro “O aumento das competências educativas das famílias: um efeito dos Centros Novas Oportunidades“.

Esta obra, coordenada pela docente da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Coimbra, Dr.ª Lucília Salgado, resulta de um “estudo que se inicia com uma hipótese: até que ponto a formação efetuada nos Centros Novas Oportunidades, através de processos de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC), desenvolve um projeto de vida nos filhos dos formandos destes mesmos processos que passe pela escolarização e que facilite o desenvolvimento da literacia familiar?”

“Este  estudo vem demonstrar que a realização de processos de RVCC por parte dos pais tem conduzido ao desenvolvimento de um maior interesse pelo estudo dos seus filhos, a um maior envolvimento nas suas aprendizagens, bem como a uma relação mais adequada com a escola e com os professores dos mesmos. Além disso, estes pais tornaram-se leitores mais assíduos, desenvolveram a prática de leitura com os filhos em tarefas escolares, do quotidiano ou em atividades lúdicas e de lazer, influenciando o aumento dos níveis de literacia familiar e promovendo condições facilitadoras do sucesso escolar das crianças.”

Consulte aqui esta obra.

Posted by Rosário Santos

Dou.pt – Um novo portal para dar e receber

O novo portal, dou.pt – Portal de Doações, assume uma vertente de responsabilidade social e pretende revolucionar a forma como os bens circulam em sociedade. Doar objetos – eletrodomésticos, livros, brinquedos, roupas ou qualquer outro bem que possa ser útil – vai passar a ser mais fácil com esta nova plataforma.

Segundo um dos seus fundadores, este “processo peer-to-peer, que vai integrar a reutilização nos hábitos de consumo dos Portugueses, irá conduzir a uma poupança de 22 milhões de euros e a reutilização de 1.150 toneladas de bens. O DOU.pt pretende por isso ser um serviço público para mediação da oferta de bens reutilizáveis e incentivo à reciclagem.”

Posted by Rosário Santos