A crise da água e a sustentabilidade

A campanha Milénio – Objectivo 2015, publicou a Revista D – Sustentabilidade, Futuro e Cooperação. O tema deste primeiro número é a água, a sua escassez e a disputa pela sua posse, nos mais diversos pontos do globo. Uma perspectiva inquietante sobre a crise da água e o direito de acesso a este recurso, essencial à vida.

.

Um instrumento de reflexão para para área de competência-Chave: Sociedade, Tecnologia e Cíência; UC2 – Ambiente e Sustentabilidade.

Marilia Teixeira

(Formadora de STC)

Anúncios

Hora do Planeta 2011 – Compromisso com o ambiente

 Hora do Planeta é um acto simbólico, promovido no mundo todo pela Rede WWF, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global, apagando as luzes durante sessenta minutos. Em 2011, o movimento também incentiva o compromisso duradouro das cidades com o meio ambiente.

A hora do Planeta teve inicio na Austrália. Em 2007, os moradores de Sydney apagaram as luzes durante uma hora. Com o passar dos anos o movimento ganhou força em diversos paises de todos os continentes. Em 2010, mais de um bilhão de pessoas em 4616 cidades, em 128 países, apagaram as luzes durante a Hora do Planeta. Em 2011, a mobilização será ainda maior.

Apague as luzes e ilumine esta ideia por um Planeta Vivo.
 

Hora do Planeta é um bom exemplo de compromisso com o desenvolvimento sustentável.

26 de Março de 2011, às 20H30.

 Vá além desta hora na luta contra as alterações climáticas!

_________________________________

Um possível recurso  no âmbito da Sociedade Tecnologia e Ciência ( STC),  que pode ser explorado no núcleo gerador UC2 – Ambiente e sustentabilidade.

Posted by, Rosário Santos

Educação para o Desenvolvimento Sustentável

Falar de sustentabilidade é falar de desenvolvimento, desenvolvimento suficiente para satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem as suas necessidades. O trajecto para o desenvolvimento sustentável assenta em 3 dimensões: o AMBIENTE, a SOCIEDADE e a ECONOMIA. 

Desenvolva a aquisição de novos conhecimentos e competências participando no

 I Encontro Regional de Educação para o Desenvolvimento Sustentável

que decorrerá em Aveiro, na Escola Profissional de Aveiro, reunindo  especialistas de diferentes áreas em 5 painéis distribuídos por dois dias de trabalho – 18 e 19 de Março de 2011.

Este encontro,  também, actividade formativa está acreditada com 0,6 créditos para professores.

 

Não perca esta oportunidade.

Informe-se e inscreva-se já através do site www.cidaads.org

Posted by, Rosário Santos

 

Visão Verde – novo canal temático online

Uma  nova secção dentro do site da revista VISÃO, especializada em conteúdos ambientais já pode ser consultada:

VISÃO VERDE

Portal de notícias e opiniões sobre temas que vão desde o clima à agricultura, com uma área dedicada ao perfil de vários intervenientes ambientais. Para quem gosta de algo mais interactivo a não perder a secção multimédia.

Para quem gosta de algo mais interactivo a não perder a secção multimédia.

_____________________________

Um possível recurso  no âmbito da Sociedade Tecnologia e Ciência ( STC),  que pode ser explorado no núcleo gerador UC2 – Ambiente e sustentabilidade.

Posted by, Rosário Santos

“Buy Nothing Day” – Dia Mundial sem Compras

Comemora-se hoje o DIA MUNDIAL SEM COMPRAS, oficialmente  chamado de “Buy Nothing Day”. Este movimento mundial pelo Consumo  visa chamar a atenção para o excesso provocado pelo consumo irracional. A ideia surgiu em 1992 pela mão do artista canadiano, Ted Dave, e é um alerta aos consumidores para os excessos provocados pelo consumo irracional que se traduz em consequências para as famílias e também para o meio ambiente.,

Segundo o relatório Estado do Mundo – 2010, hoje, existe um padrão mundial de produção e consumo insustentável. Para se ter uma ideia, a humanidade já consome 30% a mais de recursos naturais do que a Terra é capaz de repor.

Pior ainda, é  apenas 16% da população mundial (o que representa cerca de 1 bilhão de pessoas), apropriar-se de  78% desses recursos. O restante , 22%  é dividido por 84% da população (5,8 bilhões de pessoas).

Está na hora, há que mudar, hábitos e valores, fazendo uso de uma ferramenta poderosa a EDUCAÇÃO. Aumentar a consciencialização sobre sustentabilidade é inevitável. Devemos, todos juntos, mobilizar esforços promovendo a mudança construindo uma sociedade mais justa fundamentada em prioridades humanas e ambientais.

Não deixe de consultar  o relatório sobre o  Estado do Mundo – 2010, do Consumismo  à Sustentabilidade.

 ( Clique na imagem para aceder ao documento em pdf )
Este relatório é um documento produzido anualmente pelo Worldwatch Institute (WWI) – organização com sede em Washington (EUA) – o “Estado do Mundo”  “oferece”  anualmente um balanço com números actualizados e reflexões sobre as questões ambientais. Na edição de 2010, o Instituto Akatu fez a tradução do relatório para o português ( do Brasil ).
__________________________________

Este RELATÓRIO pode ser integrado como recurso útil no que diz respeito à aquisição e desenvolvimento de competências nas seguintes áreas:

  • Cidadania e Profissionalidade ( CP);
  • Sociedade Tecnologia e Ciência ( STC ) no âmbito do núcleo gerador UC2 – Ambiente e sustentabilidade.

Posted by, Rosário Santos

Calculadora de Carbono – A sua pegada carbónica

Os governos europeus estão a cooperar para fazer face às alterações climáticas e reduzir as emissões de carbono – CO2 na UE. Contudo, para fazer a diferença, precisamos de reflectir todos sobre o nosso próprio impacto ambiental e tomar medidas para reduzir as nossas emissões de carbono. Simples alterações na nossa rotina diária podem fazer a diferença.

As pegadas dão pistas de onde viemos e para onde vamos. Mas pegadas de carbono medem quanto dióxido de carbono (CO2) nós produzimos no nosso dia-a-dia. Uma ida ao trabalho de carro, usar sacos plásticos não-reutilizáveis, copos descartáveis, embalagens plásticas ou até uma viagem de avião, tudo isso utiliza combustíveis fósseis, como petróleo e gás. Quando combustíveis fósseis são queimados, são emitidos Gases do Efeito Estufa (GEE), como o CO2, que contribuem para o aquecimento global. Do CO2 atmosférico, 98% vem da queima de combustíveis fósseis

Com a crescente preocupação com o ambiente e o aquecimento global, muitas pessoas começaram a reduzir as suas emissões de carbono aumentando a eficiência energética de suas casas e utilizando menos o automóvel. Com recurso a algumas ferramentas, começaram a calcular as suas pegadas de carbono para estabelecer um marco – como se se pesassem antes de uma dieta. Uma pegada de carbono é simplesmente um valor: geralmente um total mensal ou anual de emissão de CO2 medido em toneladas.

Algumas empresas começaram a incluir pegadas nos seus rótulos. Os rótulos de carbono apelam aos consumidores que entendem e calculam as suas pegadas de carbono e desejam apoiar produtos que façam o mesmo. Os rótulos estimam as emissões criadas com produção, embalagem, transporte e descarte de um produto. O conceito é similar às análises do ciclo de vida, o precursor mais intrincado das pegadas de carbono. As análises ou avaliações do ciclo de vida medem todos os impactos ambientais potenciais que um produto pode ter durante a sua existência: elas são uma versão mais focada de uma pegada de carbono.

 Está mais que na hora de começarmos a reduzir as nossas emissões de carbono.

A quantificação da pegada carbónica é o primeiro passo para que cada um de nós possa agir no combate às alterações climáticas.

Para descobrir qual a quantidade de carbono que poderá poupar, basta clicar na imagem,   Calculadora de Carbono da Caixa (CGD) e calcular as emissões de carbono do seu dia-a-dia. No final terá ainda acesso a um plano de redução de emissões de carbono personalizado.

 Mude o consumo para não mudar o Clima!

Fontes: Site –  Defensores do Futuro ( artigo c/ adaptações )
Site – Caixa Geral de Depósitos ( Calculadora Carbono)

_______________________

Um possível recurso  no âmbito da Sociedade Tecnologia e Ciência,  que pode ser explorado no núcleo gerador UC2 – Ambiente e sustentabilidade ao nível do tema,  A Água – UC2-4  ( Mobiliza conhecimentos sobre a evolução do clima ao longo do tempo e a sua influência nas dinâmicas populacionais, sociais e regionais ).

Posted by, Rosário Santos

Dia Nacional da Conservação da Natureza

Celebra-se hoje o Dia Nacional da Conservação da Natureza instituído em 1998 por altura das comemorações do 50 º aniversário da Liga para a Protecção da Natureza, em reconhecimento da importância do trabalho realizado pela associação na área da protecção do património natural nacional..

É necessário e urgente que, no dia-a-dia, as nossas escolhas e comportamentos permitam que sejam mantidos e preservados os processos naturais. Façamos de cada dia, um Dia da Conservação da Natureza e do Ambiente, de modo a podermos habitar, condignamente e em harmonia, este berço da vida a que chamamos “Planeta Terra”.

 A importância da Conservação da Natureza na salvaguarda do planeta está claramente evidenciada na Convenção Internacional sobre Diversidade Biológica, talvez o resultado prático mais emblemático da Conferência das Nações Unidas sobre Ambiente e Desenvolvimento realizada em 1992 no Rio de Janeiro, melhor conhecida sob a designação de “Cimeira da Terra”.

Conheça aqui a referida convenção:

 

“Nós não herdámos a terra dos nossos antepassados, pedimos emprestada aos nossos filhos.”

 Provérbio Índio

 Posted by Rosário Santos